Notícias

12/08/2017SUS inclui teste rápido para dengue e chikungunya

O Sistema Único de Saúde incluiu em sua lista de procedimentos os aguardados testes rápidos para a detecção de dengue e chikungunya. Com o teste, não será necessário utilizar a estrutura laboratorial – o que diminui os custos com a detecção.

Ainda, a comprovação da infecção sai entre 20 e 30 minutos.

A inclusão foi oficializada no Diário Oficial na quinta-feira (10). Para fazer o teste no SUS, é necessário apresentar sintomas relacionados às condiçôes e ter o cartão do Sistema Único de Saúde, feito em qualquer unidade de saúde com a carteira de identidade.

Desde 2016, a Agência Nacional de Saúde, a ANS, determinou que os planos estão obrigados a cobrir os exames, embora alguns pacientes tenham relatado problemas com a cobertura.

Os testes rápidos são importantes tanto para a detecção e tratamento precoce, quanto para a vigilância epidemilógica e os dados do governo, já que, com ele, será possível ter maior acuidade sobre a circulação dos vírus no País.

De acordo com o Ministério da Saúde, o investimento foi de R$ 76 milhôes. Ao todo, foram adquiridos 2 milhôes de testes rápidos de dengue e 1 milhão de testes de chikungunya. Os gestores locais deverão solicitar os produtos à pasta, que repassa de acordo com o número de casos notificados.

Por solicitação das regiôes, o governo federal distribuiu15.300 testes rápidos de dengue e 32.480 para chikungunya nos estados do Ceará, Amazonas, Roraima, Piauí, Bahia, Minas Gerais e Goiás. Ainda estão disponíveis para distribuição 1,9 milhão unidades para a dengue e 967,5 mil para chikungunya.

Vale destacar que as Secretarias Estaduais de Saúde (SES) são as responsáveis pelo recebimento dos testes, armazenamento e distribuição para os municípios.

O SUS já oferece testes rápidos para outras condiçôes, como HIV e hepatite, que também podem ser detectadas em minutos. (Fonte: G1)

Indique esta página
Poderá também gostar de:
img
Antivírus usado contra cinomose pode ajudar a...
img
Criação do Parque do Xingu não usurpou terras de...
img
Bactérias afetam capacidade do Aedes de...
img
Regulamento da Vaquejada garante bem-estar...
img
Mais de 300 animais estão em ameaça de extinção...
img
Poluição altera hormônio do estresse e muda...
img
Após recuo da água, 34 toneladas de lixo são...
img
Fenômeno que ‘secou’ litoral Sul do país provocou...
img
Controle do mercúrio entra em...
img
Educação para o desenvolvimento...
img
Pesquisadores descobrem substância capaz de...
img
Zika custou 4,6 bilhôes de dólares ao Brasil nos...
img
Número de incêndios florestais em Portugal atinge...
img
Competição feroz por mamutes foi chave na...
img
Estudo brasileiro mostra efeitos neurológicos do...
img
Moradores dão água para macacos após incêndio...
img
Baixo nível dos rios coloca 11 municípios do...
img
Maré seca atinge litoral de São Paulo até o Rio...
img
É impossível fazer ciência com poucos recursos,...
img
Curso gratuito promove eficiência em...
img
Pulgas têm resultado positivo para peste negra em...
img
Incêndio no Parque Serra de Ricardo Franco (MT) é...
img
A deliciosa e requintada semente que cresce no...
img
Pecuária ajuda e é ajudada pelo meio ambiente na...
img
Eclipse solar irá cobrir o sol completamente nos...
img
Técnica de plantio em palha reduz necessidade de...
img
Até que ponto o ar de ambientes internos é mais...
img
SUS inclui teste rápido para dengue e...
img
Vacina contra zika do Instituto Evandro Chagas...
img
Exames confirmam que 1,1 mil bois morreram de...
Page 1 of 657
Mais Notícias...