Notícias

06/12/2017Assembleia da ONU começa a esboçar plano para um mundo sem poluição

Os seres humanos estão envenenando o meio ambiente e a si próprios em uma proporção alarmante, que transformou a poluição dos oceanos, do solo e do ar em uma assassina implacável, segundo alertas apresentados nesta segunda-feira (4) na terceira Assembleia Ambiental das Naçôes Unidas (UNEA) em Nairóbi, no Quênia.

Lembrando que nove milhôes de pessoas morrem todos os anos por causa da poluição – o que representa uma em cada seis mortes no mundo -, os participantes desta conferência pediram açôes rápidas e unidas de governos, empresas e consumidores individuais.

“A poluição é a maior assassina do planeta e precisamos derrotá-la”, afirmou o chefe do Programa Ambiental da ONU, Erik Solheim

A UNEA é o mais alto fórum sobre questôes relativas ao meio ambiente, com todos os 193 países-membros da ONU representados.

Reúne ministros do Meio Ambiente e representantes de mais de 100 países na capital do Quênia, de segunda a quarta-feira, para discutir a redação de uma declaração política global intitulada “Rumo a um planeta sem poluição”.

Anualmente, cerca de sete milhôes de pessoas sucumbem à inalação de toxinas no ar – dos gases de escapamento dos carros, das emissôes das fábricas e resultantes do cozimento em ambientes fechados usando madeira e carvão -, segundo um relatório recente da revista médica The Lancet.

O chumbo contido em tintas por si só já causa danos cerebrais em mais de meio milhão de crianças a cada ano.

E à medida que o número de pessoas continua aumentando, o mesmo acontece com o lixo.

“Mais de 80% das águas residuais do mundo são liberadas para o meio ambiente sem tratamento”, declarou a jornalistas na Assembleia Lígia Noronha, diretora da divisão econômica do Programa das Naçôes Unidas para o Meio Ambiente.

“Cerca de 50 milhôes de toneladas de resíduos eletrônicos são produzidos a cada ano”, acrescentou.

– ‘Um problema de direitos humanos’ –

O acordo que sairá da conferência compromete os países-membros da ONU a limitar a contaminação do planeta por produtos químicos, lixo não biodegradável e fumaça tóxica.

Os ministros também estão negociando uma série de resoluçôes específicas contra a poluição para restringir a quantidade de plástico que, por exemplo, faz peixes sufocarem, e para impedir o uso de chumbo em tintas.

O recente relatório da The Lancet demonstrou que os custos de auxílio associados à poluição, incluindo gastos médicos, foram de quase cinco trilhôes de dólares por ano, mais de 6% da produção econômica global.

“Não é apenas um problema de saúde. Não é apenas um problema de produtividade e implicaçôes para a economia, mas também um problema de direitos humanos”, disse Noronha.

“As pessoas têm o direito de viver em um ambiente limpo”.

O presidente da UNEA, o ministro do Meio Ambiente da Costa Rica, Edgar Gutierrez, pediu aos representantes de governo que ponham de lado os interesses nacionais e olhem para as questôes polêmicas para encontrar “bases comuns”.

“Olhando para o todo, fizemos um péssimo trabalho ao cuidar do nosso ambiente”, disse.

“E a pior parte disso é que temos pouco espaço para cometer erros”.

A assembleia reuniu mais de 4.500 participantes, incluindo representantes de governo, ONGs, cientistas e empresários.

Além de intoxicação, a poluição causa uma série de doenças mortais como problemas cardíacos, acidente vascular cerebral, câncer de pulmão e doença pulmonar obstrutiva crônica.

Fonte: AFP

Indique esta página
Poderá também gostar de:
img
Documentário “Frágil Equilíbrio” chega ao Brasil:...
img
Estudo aponta alta contaminação de peixes por...
img
A enzima comedora de plástico que pode...
img
Ibama embarga Porto do Forno em Arraial do Cabo...
img
Três anos de uma rotina sem...
img
Comissão de Meio Ambiente aprova fim de selo de...
img
Falta de serviços para atender venezuelanos em...
img
As ondas de calor do oceano aumentaram mais de...
img
A Corrente do Golfo é a mais fraca em 1.600 anos;...
img
As soluçôes inovadoras para gerar mais e melhores...
img
Chuvas atingem estados do Norte e Nordeste, com...
img
Baleia morre depois de ingerir 29 quilos de...
img
Ibama e Exército apreendem equipamentos para...
img
Ibama multa Anglo American em R$ 72 milhôes por...
img
Cientistas revelam níveis tóxicos de arsênico em...
img
Chapada dos Veadeiros – antes e depois do maior...
img
O uso abusivo dos agrotóxicos e o mal que eles...
img
Por que a falta de fósforo no Universo reduz a...
img
Alunorte nega contaminação ambiental no...
img
Brasil tem, sim, terremotos – e há registro até...
img
Uma empresa de Gana está transformando sacolas...
img
Antártida perde área de gelo equivalente a 1,5...
img
A primeira ponte de aço impressa em 3D do mundo...
img
FAO e Ministério do Meio Ambiente buscam combater...
img
Os Aqua Painéis de zero eletricidade da Uravu...
img
STF: É inconstitucional reduzir área de proteção...
img
USP recebeu 102 notificaçôes sobre tremor sentido...
img
Cientistas alertam para risco de manipular...
img
Google atinge 100% em compensação energética...
img
Sanepar deverá investir mais de R$ 1 bilhão em...
Page 1 of 700
Mais Notícias...