Brasil

06/12/2017Apoio a agricultores familiares é fundamental na luta contra a fome, diz FAO

Foto: FAO/Divulgação
 
A luta contra a fome alcançou hoje um “ponto de inflexão”, e apoiar os agricultores familiares é fundamental para o sucesso, afirma o diretor-geral da Organização das Naçôes Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), o brasileiro José Graziano da Silva, em discurso a parlamentares britânicos.
 
“A principal causa da fome hoje não é a falta de alimentos, mas sim a falta de acesso a eles”, disse em discurso diante do Grupo Parlamentar Interpartidário sobre Agricultura e Alimentação para o Desenvolvimento.
É um paradoxo o fato de os agricultores familiares — que produzem a maior parte dos alimentos no mundo — serem os mais ameaçados pela insegurança alimentar, disse Graziano.
Por isso, ele pediu uma maior conscientização e apoio frente à piora da situação dessas pessoas, muitas das quais vivem em regiôes rurais de países em desenvolvimento e “apenas conseguem sobreviver” diante das consequências da mudança climática e, cada vez mais frequentemente, de conflitos civis.
 
Ele completou ser essencial investir para ajudá-los a melhorar sua própria produtividade e o uso dos recursos naturais, e disse que muitos lares nos países em desenvolvimento não podem investir para aumentar sua resiliência, como seria a introdução de sistemas de irrigação por gotejamento, que economizam água.
“É uma via de mão dupla: os agricultores familiares precisam de nossa ajuda, mas nós também precisamos que os agricultores familiares façam parte do futuro sustentável e com segurança alimentar para todos que queremos”, afirmou.
 
Isso é especialmente válido na medida em que as técnicas de cultivo industrial estão chegando a seus limites naturais, e apesar de terem contribuído para um aumento de 40% na produção de alimentos per capita desde a década de 1960, a fome não foi erradicada. Cerca de 815 milhôes de pessoas padeciam de desnutrição crônica no ano passado, apesar de o mundo produzir alimentos suficientes para todos.
Os desafios atuais do sistema alimentar estão relacionados às emissôes de gases de efeito estufa, à distribuição econômica e à crescente incidência da obesidade e do sobrepeso, e esses desafios devem ser abordados levando em conta os agricultores, afirmou Graziano.
 
Proteção social integrada
 
Também são necessários programas de proteção social para os agricultores familiares vulneráveis, já que estes permitem benefícios sistêmicos, disse o responsável da FAO aos membros do Parlamento britânico, lembrando o sucesso do Brasil ao vincular as transferências de renda à matrícula de crianças na escola.
Tais políticas devem ser complementadas por leis que exijam a compra pública de alimentos dos agricultores familiares para os programas de alimentação escolar, estratégia que incrementa as vendas dos pequenos produtores e melhora os resultados nutricionais.
Outro ponto levantado por Graziano é a questão das legislaçôes específicas. “Onde as políticas públicas e os programas se baseiam na legislação adequada, os indicadores sobre a má nutrição melhoram significativamente”, concluiu.
fonte:ciclovivo/Por ONU Brasil

Indique esta página
Poderá também gostar de:
img
Quanto custa a água no...
img
Consumo de água: saiba quais são as atividades...
img
Saiba mais sobre as três maiores bacias...
img
Em vitória do agronegócio, STF mantém anistia a...
img
Mineradora norueguesa tinha ‘duto clandestino’...
img
Meio ambiente em 2018: ‘agenda de arrepiar’ no...
img
Privatização da água ameaça meio ambiente e saúde...
img
Ruralômetro: Atuação de 60% dos deputados...
img
Prazo para entrega de planos de saneamento é...
img
Brasil vendendo a Amazônia - Ministério do Meio...
img
6 em cada 10 motoristas abririam mão de carro se...
img
Senado aprova medida provisória que incentiva...
img
Brasil tem ano com o maior número de queimadas da...
img
Apoio a agricultores familiares é fundamental na...
img
Brasil libera até 5 mil vezes mais agrotóxicos do...
img
Estudo indica caminhos para Brasil zerar...
img
Mais de 90 cidades paulistas não têm coleta...
img
JBS é a empresa de carne que mais emite gases de...
img
Emissão de gases de efeito estufa no Brasil...
img
Brasileiro “consome” em média 5 kg de agrotóxicos...
img
“O Brasil é por Israel e ninguém pode rasgar a...
img
Brasil vota novamente contra Israel na Unesco e...
img
Mineradoras canadenses souberam de extinção de...
img
SUS disponibiliza curso grátis e online sobre...
img
Poluição mata duas vezes mais que o trânsito em...
img
Reforço militar determinado por Temer já opera...
img
Amazônia desmatada concentra 9 em cada 10 mortes...
img
Brasil lidera ranking de ativistas ambientais...
img
Estudo relaciona incidência de tuberculose com...
img
Carros a serviço do Ibama são queimados no...
Page 1 of 5
Mais Notícias...