Notícias

11/04/2018Baleia morre depois de ingerir 29 quilos de resíduos plásticos jogados no mar

Uma baleia foi encontrada morta na costa de Múrcia, no sul da Espanha, após sofrer um choque gástrico causado pela ingestão de 29 quilos de resíduos plásticos, que estavam jogados no mar.

Após uma autópsia realizada no final de fevereiro, biólogos marinhos afirmaram terem identificado sacolas plásticas, pedaços de cordas, redes de pesca e até mesmo uma lata de plástico no estômago da baleia macho de 10 metros.

Segundo os especialistas, o animal de seis toneladas foi retirado já sem vida de uma praia em Cabo de Palos no final de fevereiro, porém o caso só foi retratado pela mídia agora, depois de o governo regional de Múrcia lançar uma campanha contra o despejo de resíduos plásticos no oceano.

Para a diretora-geral de meio ambiente do governo de Múrcia, Consuelo Rosauro, a presença de itens plásticos no oceano se tornou uma das maiores ameaças à vida marinha em todo o mundo na última década. “Muitos animais ficam presos no lixo ou ingerem grandes quantidades de plástico que acabam causando sua morte”, afirmou ao The Telegraph .

Baleia ameaçada de extinção

A baleia encontrada morta pertencia a espécie cachalote, que está ameaçada de extinção. Considerada a maior baleia dentada, possui cérebro mais avantajado do de qualquer criatura terrestre e tem vida útil de aproximadamente 70 anos.

Especialistas do Centro de Resgate de Vida Silvestre de Múrcia, responsáveis pela realização da autópsia, expuseram não terem conseguido retirar o plástico encontrado no sistema digestivo do animal, detectando um caso de peritonite fatal.

A campanha de Múrcia conduzida em colaboração com a Associação Europeia do Meio Ambiente e do Fundo Europeu para o Desenvolvimento Regional, envolverá atividades de conscientização e limpeza de praias.

Já os resíduos coletados serão catalogados e analisados ​​para determinar sua origem, além de evidenciarem a quantidade de lixo nos oceanos, com estimativa de oito milhôes de toneladas de plásticos jogados no ambiente marinho todo o ano. Para Rosauro, é preciso criar uma consciência ambiental para que animais como a baleia cachalote sejam salvos e para que os oceanos não virem “um sopão de resíduos industriais e químicos”.

Fonte: IG

Indique esta página
Poderá também gostar de:
img
Documentário “Frágil Equilíbrio” chega ao Brasil:...
img
Estudo aponta alta contaminação de peixes por...
img
A enzima comedora de plástico que pode...
img
Ibama embarga Porto do Forno em Arraial do Cabo...
img
Três anos de uma rotina sem...
img
Comissão de Meio Ambiente aprova fim de selo de...
img
Falta de serviços para atender venezuelanos em...
img
As ondas de calor do oceano aumentaram mais de...
img
A Corrente do Golfo é a mais fraca em 1.600 anos;...
img
As soluçôes inovadoras para gerar mais e melhores...
img
Chuvas atingem estados do Norte e Nordeste, com...
img
Baleia morre depois de ingerir 29 quilos de...
img
Ibama e Exército apreendem equipamentos para...
img
Ibama multa Anglo American em R$ 72 milhôes por...
img
Cientistas revelam níveis tóxicos de arsênico em...
img
Chapada dos Veadeiros – antes e depois do maior...
img
O uso abusivo dos agrotóxicos e o mal que eles...
img
Por que a falta de fósforo no Universo reduz a...
img
Alunorte nega contaminação ambiental no...
img
Brasil tem, sim, terremotos – e há registro até...
img
Uma empresa de Gana está transformando sacolas...
img
Antártida perde área de gelo equivalente a 1,5...
img
A primeira ponte de aço impressa em 3D do mundo...
img
FAO e Ministério do Meio Ambiente buscam combater...
img
Os Aqua Painéis de zero eletricidade da Uravu...
img
STF: É inconstitucional reduzir área de proteção...
img
USP recebeu 102 notificaçôes sobre tremor sentido...
img
Cientistas alertam para risco de manipular...
img
Google atinge 100% em compensação energética...
img
Sanepar deverá investir mais de R$ 1 bilhão em...
Page 1 of 700
Mais Notícias...