Mundo

06/08/2019Jovem é espancado e expulso de família muçulmana por se tornar cristão, em Uganda

Jovem africano. (Foto: Reprodução/World Vision International - Esta é uma imagem ilustrativa, foto real não pode ser publicada por motivos de segurança).
 
Um padrasto muçulmano na vila de Lelya-A, no distrito de Kibuku em Uganda, deixou de pagar as mensalidades escolares para seu filho, expulsou o rapaz de casa e o espancou quando soube que o jovem havia deixado o Islã para se tornar um cristão.
 
Asuman Kaire* está perdendo o último ano no ensino médio, após a decisão de seu pai de parar de pagar suas mensalidades escolares ao saber que o filho se tornou cristão há dois anos.
 
Depois de colocar sua fé em Cristo em 2017 e congregar secretamente em uma igreja não revelada, o grupo de apoio aos cristãos perseguidos Watchdog Christian Persecution relatou ao Morning Star News, em 2 de julho, que a vida de Kaire começou a desmoronar.
 
Os parentes muçulmanos do rapaz começaram a monitorar seus movimentos após ele ter deixado de frequentar a mesquita.
 
Em março, um colega de classe do rapaz, que é muçulmano, disse ao pai de Kaire, Abdu Talisuna*, que seu filho estava frequentando uma igreja.
 
No dia 7 de abril, Talisuna reuniu companheiros muçulmanos radicais no distrito para atacar o jovem de 20 anos quando ele voltava para casa de um culto na igreja.
 
"Talisuna sozinho o espancou com um objeto contundente, deixando-o inconsciente, com as roupas ensanguentadas, a perna esquerda quebrada e a mão direita machucada", disseram fontes ao Morning Star News.
 
Um ancião da igreja, que testemunhou o espancamento, disse: “Ele clamou por ajuda. Vários membros da igreja ainda estavam por perto e correram para o local. Quando os muçulmanos viram o grande número de pessoas da igreja, fugiram, deixando o jovem inconsciente”.
 
Kaire foi levado às pressas para um hospital de Kibuku e teve alta depois de uma semana, disse o líder da igreja.
 
“Meu padrasto me espancou dizendo que eu sou uma desgraça para a família”, disse Kaire ao Morning Star News por telefone. “Depois de me recuperar, receei voltar para casa porque sabia que eles iam me matar.”
 
Kaire precisa de um lugar a longo prazo para ficar e uma oportunidade para voltar a frequentar a escola em outro lugar, disseram cristãos da área.
 
*Nomes fictícios por medida de segurança
 
COM INFORMAÇÕES DA WORLD VISION

Indique esta página
Poderá também gostar de:
img
Estátua do ídolo Moloque é exibida na entrada do...
img
Atriz de ‘Pantera Negra’ critica mídia por tirar...
img
Empresário cristão vence causa por se recusar a...
img
Idoso fica ensanguentado após ser agredido por...
img
Organização denuncia ataques a cristãos ocorridos...
img
Trump anuncia a morte de líder do Estado...
img
Cristãos cultuam a Deus escondidos em chiqueiros...
img
Juiz derruba lei que obrigaria médicos a fazerem...
img
Cristão é assassinado por parentes muçulmanos...
img
Cristãos sírios oram e beijam a Bíblia antes de...
img
Temendo massacre, milhares de cristãos fogem da...
img
Mais de 500 mil alunos levam Bíblias para escola...
img
Juíza dá Bíblia a policial condenada por...
img
Capelão batiza mais de 1000 soldados no Exército...
img
Ator cristão salva criança após acidente de...
img
“Nossos direitos não vêm do governo, eles vêm de...
img
“Você não tem permissão para acreditar em Deus”,...
img
Coreia do Norte faz vídeo para propagar que...
img
Evangélicos apoiam judeus na Judeia e Samaria...
img
Polícia encontra mais de 2.200 restos mortais de...
img
Cristão morre após ser torturado durante quatro...
img
Após manifestaçôes com louvor a Deus, Hong Kong...
img
Pastor de Mianmar pode ser processado por falar a...
img
‘Fomos ensinados que missionários são...
img
Google tem política que visa limitar alcance de...
img
Novo documentário expôe detalhes do destruidor...
img
Palestina proíbe atividades de grupo LGBT na...
img
Ministro do Irã teme crescimento da Igreja e...
img
Descoberta de nascentes de água no deserto de...
img
Arqueólogos descobrem provas do relato bíblico...
Page 1 of 14
Mais Notícias...